Como é Linda a Puta da Vida, de Miguel Esteves Cardoso

Miguel Esteves Cardoso, Como é Linda a Puta da VidaMuito depende de sermos capazes de estar no momento em que estamos, sem pensar no que fizemos para ali estar ou nos preocuparmos para onde vamos a seguir. Se pudéssemos ser inteiramente inteligentes, não pensaríamos senão no momento em que estivéssemos, sem expectativas. Para estarmos à espera, sem saber de quê. (pág.43)

Nota pessoal: foi um imenso prazer encontrar hoje o Migues Esteves Cardoso na Feira do Livro e trocar com ele umas breves palavras sobre os tempos de luta contra o AO, na Faculdade de Letras, os tempos do “cágado” e do “cagado”. Quem esteve presente nessas quentes debates, sabe bem do que falo. E que bem soube ouvir que “cheira-me que isto [AO] vai ao ar”! Acima de tudo, um grande agradecimento ao Miguel Esteves Cardoso por ser um grande SER HUMANO.

This entry was posted in Literatura and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s