Novembro de Jaime Nogueira Pinto

“NO VERÃO DE 1973, A HISTÓRIA ESTÁ A PREPARAR-SE PARA TOMAR CONTA DAS ESTÓRIAS DESTES HOMENS E DAS MULHERES QUE AMAM LEVANDO-OS POR LISBOA, MADRID E LUANDA NA TORRENTE DA CONSPIRAÇÃO, DA REVOLUÇÃO E DA CONTRA-REVOLUÇÃO, ATÉ AO INVERNO DE 1975.”

” Comecei este Novembro como uma manobra, uma forma de viver ou sobreviver aos meses mais difíceis e dolorosos da minha vida. Entrei num labirinto de passado, feito de sonhos, projectos, impérios perdidos e revoluções por fazer, mas também cheio de casos, de risos e de histórias. Foi uma descida às sombras também. Precisei de uma grande provação, de um grande vazio, de uma grande solidão, para esgravatar e cavar o caminho da libertação, no papel e na palavra”.  Jaime Nogueira Pinto no lançamento dos seu primeiro romance, dedicado a sua mulher, Maria José Nogueira Pinto.

This entry was posted in Literatura, Portugal and tagged , , , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s