O Diletante e a Quimera de Pedro Medina Ribeiro

Sinopse: Sandro Bellocchio é um pintor genial, que vive na Toscana, no início do séc. XVII. Senhor de grande talento, prefere, mais do que pintar, entregar-se a outros prazeres: amar, beber e jogar. Certa noite, num jogo de cartas ganha um estranho objecto – um pendente de bronze, em forma de pata de cão – que mudará para sempre a sua vida. Arthur MacAlistair, é um conceituado académico de Nova Iorque do século XXI que dedica as energias a tentar compreender a natureza da Arte. Pinga-amor inveterado, deliciosamente snob, opinioso e divertido, atravessa momentos difíceis de dúvidas existenciais e profissionais após o fracasso de uma relação amorosa. Decide aproveitar uma licença sabática para viajar até Itália, num redentor “regresso às origens”, mas o que se pretendia uma viagem tranquila assume proporções dramáticas. Haverá alguma relação entre estes insucessos e o estranho objecto de bronze que encontrou na praia…?

This entry was posted in Literatura and tagged , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s