O Legado de Mandela de RICHARD STENGEL

Ansiamos por heróis, mas os heróis são poucos. Nelson Mandela talvez seja o último dos heróis puros do nosso planeta. É o símbolo sorridente do sacrifício e da rectidão, venerado por milhões de pessoas como um santo vivo. Contudo, esta imagem peca por ser unidimensional. Mandela seria o primeiro a dizer que está longe de ser um santo – e não se trata de falsa modéstia.

Nelson Mandela é um homem pleno de contradições. Tem a pele dura, mas é fácil de magoar. É sensível aos sentimentos alheios, mas por vezes ignora aqueles que lhe estão mais próximos. É generoso com o dinheiro, mas ao dar uma gorjeta conta moeda por moeda. É incapaz de pisar um grilo ou uma aranha, e no entanto foi o primeiro comandante da ala militar do Congresso Nacional Africano (ANC). É um homem do povo, mas tem prazer na companhia de gente famosa. Faz os possíveis por agradar, mas não hesita em dizer não. Não gosta de se vangloriar, mas quando assim o entende não deixa de exigir que lhe sejam reconhecidos os seus méritos. Aperta a mão a todos os que trabalham na cozinha, mas não sabe o nome de todos os seus guarda-costas.

(excerto do 1º capítulo)

This entry was posted in Geral and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

One Response to O Legado de Mandela de RICHARD STENGEL

  1. anacrish says:

    Reblogged this on Português de Facto and commented:

    Até sempre, Nelson Mandela.
    (reblogado”)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s