CENDREV – Centro Dramático de Évora

cendrevO CENDREV, mais do que uma companhia de produção, é um centro de acção teatral em que se cruzam áreas e componentes diversas da vida do teatro. O CENDREV cumpriu em Janeiro de 2005 trinta anos de trabalho em torno da criação e difusão de espectáculos, da formação e da gestão do centenário Teatro Municipal Garcia de Resende onde anualmente, para além da sua produção, acolhe dezenas de espectáculos de teatro, música e dança.

O CENDREV edita a Revista Adágio (revista de arte e cultura), com 42 números publicados desde 1990.

Em 2003 o CENDREV, em parceria com o IITM (Instituto Internacional de Teatro do Mediterrâneo, de Madrid), lançou as bases de um novo projecto: o Encontro de Teatro Ibérico, uma realização que proporciona o encontro entre agentes da criação teatral de Espanha e Portugal, com o objectivo de promover intercâmbios, parcerias de criação e produção teatrais, bem como um conhecimento mútuo e frutífero relativamente às realidades teatrais de ambos os países.

O CENDREV é igualmente responsável pela recuperação do importantíssimo espólio de marionetas tradicionais do Alentejo, os Bonecos de Santo Aleixo, com os quais já realizou centenas de representações em Portugal e no estrangeiro e organiza a Bienal Internacional de Marionetas de Évora, BIME, cuja primeira edição se realizou em 1987.No âmbito deste projecto organiza, em parceria com o Centro de História de Arte da Universidade de Évora, um Seminário Internacional sobre a problemática da marioneta.

A actividade, que anualmente desenvolvemos, organiza-se em torno da montagem de uma média de quatro novos espectáculos e da realização de cerca de 175 récitas que fazemos com essas produções, com os espectáculos do ano anterior que mantemos em carteira e também com a intervenção permanente que asseguramos com os Bonecos de Santo Aleixo. Neste quadro de trabalho, destacamos ainda a acção que desenvolvemos junto dos estabelecimentos de ensino e do movimento do teatro de amadores, através de inúmeras intervenções na área da formação, sensibilização e apoio.

O papel e a importância da cidade de Évora em termos de reconhecimento cultural no plano nacional, a sua tradição de grande pólo regional de desenvolvimento e o peso de que dispõe na esfera das relações internacionais a partir da sua designação pela Unesco, como cidade Património da Humanidade, têm determinado o percurso do CENDREV, que, desde sempre, se definiu como um projecto da cidade, voltado prioritariamente para a região e, a partir daí, intervindo no país e no estrangeiro.

O projecto que o CENDREV tem desenvolvido ao longo destes anos, implicou, naturalmente, a criação de uma rede de contactos e parcerias com inúmeros criadores e instituições no plano nacional e internacional e contribuiu activamente para o processo de desenvolvimento cultural da Região Alentejo.

This entry was posted in Instituições and tagged , , , , , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s