Doze Segredos da Língua Portuguesa, de Marco Neves

 

12976892_1037327609666974_1470404371410362932_oEste livro começa com uma advertência: ele pode fazer confusão a pessoas habituadas ao pânico. Leu bem, mas eu repito: este livro pode fazer confusão a pessoas habituadas ao pânico. Temos aqui um livro perigoso, portanto? Nem mais. Ele próprio o reconhece. Trata-se de pessoas, importa esclarecê-lo, em pânico linguístico. Aquelas que andam numa aflição à ideia de darem erros, aquelas para quem tudo no idioma ou está perfeito ou está inteiramente errado, aquelas também que se pelam – sim, essa perversão existe – por apontarem, a quem lhes passa resvés, as insanidades (reais e, o mais das vezes, fantasiadas) que calhou cometer. Em suma, gente para quem o idioma é um campo de minas infindável e, não se diria, bastante aprazível.

Do Prefácio «Os falantes respeitados», de Fernando Venâncio

Doze Segredos da Língua Portuguesa é uma publicação da Guerra e Paz.

Marco Neves é, entre outras coisas, tradutor, revisor, professor e autor do blogue Certas Palavras. É pai há três anos. Talvez já só lhe falte, portanto, plantar uma árvore.

 

This entry was posted in Guerra e Paz and tagged , , , . Bookmark the permalink.

2 Responses to Doze Segredos da Língua Portuguesa, de Marco Neves

  1. Marco Neves says:

    Muito obrigado pela referência! (E plantar uma árvore já está nos meus planos…)

    • António Fernando Nabais says:

      Muito obrigado por passar por aqui. Boa sorte para tudo o que queira semear ou que já tenha semeado🙂

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s