Aulas de Literatura – Berkeley, 1980, de Julio Cortázar (tradução de Miguel Filipe Mochila)

cortazar

Recentemente, durante um voo da cidade onde moro (por acaso, aquela onde nasceu Cortázar) para os Estados Unidos (não, não foi para Berkeley), li com bastante agrado as Clases de literatura – Berkeley, 1980. Acabo de descobrir que existe uma tradução para português e ainda por cima ortograficamente exemplar. Efectivamente.

Ficamos agora apenas pela escrita, e é nela que me interessa investir, porque quanto ao tipo de preconceitos da direita não há grande coisa a fazer, mas no que se refere aos da esquerda sim, pois as pessoas de esquerda estão perfeitamente capacitadas para reflectir e compreender até que ponto, muitas vezes, quando criticam ou se escandalizam perante o que consideram ser pornográfico e não o é, estão a imaginar no domínio mental, uma atitude absolutamente reaccionária.

— Julio Cortázar, Aulas de Literatura – Berkeley, 1980, tradução de Miguel Filipe Mochila, Lisboa, Cavalo de Ferro, Setembro de 2016, p. 260..

 

Advertisements
This entry was posted in Literatura and tagged , . Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s